Aprenda a usar técnicas de SEO que, somadas a um conteúdo relevante, irá alavancar a audiência do seu blog.

Como já foi dito em artigos anteriores, com a expansão do marketing digital foi necessário a criação de novas áreas de atuação como, por exemplo, o SEO. Mas por ser um termo relativamente novo, muita gente nem sabe o que significa. A sigla SEO significa Search Engine Optimization, que em português quer dizer Otimização para Mecanismos de Busca ou Otimização de Sites.

Basicamente consiste em estratégias para potencializar e melhorar o posicionamento de uma página ou site nos mecanismos de buscas. Ou seja, é o processo de otimização de um site, através de palavras-chaves específicas, que irá tornar o seu site mais amigável para os buscadores como o Google e, assim, conseguir uma posição melhor nas buscas orgânicas.

Por isso, para quem tem blog, também é importante saber utilizar corretamente as práticas de SEO, pois ranqueando melhor o seu blog, mais leitores vão acessá-lo.

Nesse artigo você vai acompanhar algumas dicas cruciais para seu blog ter mais visibilidade no Google.

Dicas de Otimização para BlogDicas de práticas de SEO para otimizar seu blog

Com essas dicas de práticas de SEO, além de ter um conteúdo relevante e trazer mais tráfego para o seu site, você vai construindo autoridade no assunto.

1 – Títulos

Os títulos são fundamentais para determinar o sucesso do seu blog. Muitos produtores de conteúdo não dão muita importância para o título por acharem ter feito o melhor texto de todos os tempos.

É preciso entender que o título é a isca e se ele não for atrativo e não fisgar o leitor a ponto que ele clique no texto, de nada vai adiantar ter o melhor conteúdo. Não são só os leitores que dão importância para isso, o Google também tende a gostar muito desse item, proporcionando-lhe um bom ranqueamento.

Por isso existe uma grande diferença entre fazer um título para blog e um título para ranquear no Google. O título para blog precisa ser atrativo, precisa chamar a atenção tendo um apelo emocional. Mas é possível otimizar seus resultados de SEO para o blog:

– A palavra-chave precisa estar no título do seu artigo.

– Não ultrapasse 65 caracteres no seu título, senão será cortado pelo Google.

– É essencial que cada página tenha um título exclusivo.

Veja um exemplo de como trabalhar bem uma Title e Description:

2 – Tópicos e subtópicos

Os mecanismos de buscas levam em consideração o uso de tópicos e subtópicos por identificarem melhor o assunto do texto e por acharem que leitura flui melhor e fica mais interessante:

– Utilize as palavras-chaves nos tópicos e subtópicos, se possível.

3 – Utilização das palavras-chaves

Como já dito neste artigo, a otimização de sites baseia-se no uso correto das palavras-chaves. A principal função da palavra-chave é fazer com que o usuário que está fazendo a busca e o próprio Google entendam sobre qual assunto você está falando naquele texto.

Por isso, é necessário que você faça uma busca sobre as principais palavras-chaves relacionadas àquele assunto e tente inseri-las no artigo.

Lembrando-se sempre da coesão do texto. Não adianta simplesmente jogar a palavra-chave no meio do conteúdo sem que ela faça sentido

– Coloque sua palavra-chave nas primeiras 100 palavras do texto.

– Coloque em negrito para chamar a atenção do leitor.

– Faça uma boa pesquisa sobre as palavras-chaves que estão sendo mais buscada no Google. Assim saberá se vale a pena escrever sobre esse assunto ou não.

4 – Meta Description

A Meta Description ou Meta-Descrição é um pequeno texto usado pelos buscadores para descrever o conteúdo de uma página. Esse texto é importante para o usuário que está pesquisando sobre o assunto saiba se aquele artigo é exatamente o que ele está procurando.

Com isso, mesmo se sua página está ocupando uma baixa posição nos resultados de busca, mas os leitores estão clicando nela por saberem melhor do que se trata o texto, o Google vai entender que o seu conteúdo é mais relevante para atender os requisitos da pesquisa e automaticamente elevará a posição do seu texto.

O uso da palavra-chave na meta-descrição também é importante porque ela ficará em negrito, chamando a atenção. O limite de caracteres para que o Google não corte o texto são de 155 caracteres.

5 – Otimização de URLS

URL é um endereço virtual com um caminho que indica onde está o que o usuário procura. Colocar a palavra-chave na URL é uma estratégia simples, mas vai melhorar seu SEO e tornar sua URL mais amigável. Além de facilitar o trabalho do Google, também facilita para os usuários, que irão reconhecer melhor do que se trata o texto.

Exemplo:

www.compreclicks.com.br/seo-para-otimizar-seu-blog/

www.compreclicks.com.br/6d667d677s78id=?

Percebeu a diferença? A chance de alguém clicar no primeiro exemplo é bem maior.

  • Foque em uma palavra-chave na URL
  • Evite URL longa
  • Use hífen para separar as palavras
  • Não use letras maiúsculas nem acento na URL

Mas se você tem algum artigo muito antigo não é recomendado mudar a URL por que o Google não entenderá que sua página foi modificada e você perderá sua posição no Pagerank. Mas, caso queira mudar mesmo assim, é possível fazer o redirecionamento 301 das URLs sem prejudicar seus resultados.

6 – Redirecionamento das URLs

O redirecionamento da URL significa apontar todo o conteúdo contido em uma página com uma determinada URL para outro endereço.

Para fazer esse redirecionamento é recomendável fazer o redirecionamento 301 que consiste em mudar a URL de forma permanente. Assim, os links, acessos, compartilhamentos e autoridade conquistada serão mantidos.

Com o redirecionamento 301, além de manter sua posição na Pagerank, também vai ajudar a evitar o surgimento de novas páginas com erro, já que o Google não conseguirá encontrar o link antigo, que foi removido e não direcionado.

7 – Links internos

O link interno é importante para aumentar a sua autoridade. O link interno funciona assim: quando você coloca o link de um artigo antigo numa publicação mais recente, direciona o usuário para esse texto já publicado e mostra para o Google suas páginas mais importantes.

  • Coloque os links mais no começo do artigo do que no final que, automaticamente, dará mais destaque e aumentarão as chances de cliques. Não esqueça de colocar os links em cores diferentes.
  • Contextualize o link durante o artigo para ter coesão e atrair visitas.
  • Você está colocando o link antigo nos artigos mais recentes para direcioná-los. Mas não esqueça de colocar o link do seu novo artigo nos publicados anteriormente.
  • Na sua home adicione links para os artigos mais importantes.
  • Utilize estratégias de link building.

Search Engine Optimization

8 – Conteúdo visual

Conteúdos visuais – vídeos, imagens, infográficos – geram bastante interesse no público e, no meio de artigos, funcionam para quebrar o texto e tornar a leitura mais interessante.

Por mais que as imagens sejam necessárias, para que o Google consiga fazer a leitura delas, é preciso adicionar alt tag nelas. Mas o que é alt tag?

A alt tag é o termo mostrado no lugar da imagem se a página não carregar direito. O Google não consegue ver uma imagem como uma pessoa faz, por isso, indicar no código o nome da imagem (ou o que se trata) ajuda o Google a entender o seu contexto e ranquear seu conteúdo, proporcionando-lhe maior relevância.

Além disso sua imagem poderá ser encontrada se alguém fizer uma pesquisa por imagens escrevendo as palavras-chaves que estão inseridas na alt tag da sua imagem.

Nuvem de Palavras

9 – Experiência do usuário

Essa dica engloba todas as anteriores. Todas as técnicas de SEO para otimizar seu blog focam na experiência do usuário. Além de ser sua obrigação em focar numa boa experiência para o seu leitor, os mecanismos de buscas também prezam muito por isso.

Você precisa saber se está com um design que combina com o seu blog, se sua página está demorando para carregar, se é fácil de navegar pelo seu site, se você está produzindo um conteúdo relevante.

Se tudo estiver funcionando corretamente com essas estratégias de SEO aplicadas, o Google entenderá que você tem autoridade no assunto e, consequentemente, irá aumentar sua relevância.

O importante é sua audiência curtir os seus assuntos e reconhecer o seu trabalho. Se isso acontecer, aplicado às técnicas de SEO, pode ter certeza que o seu blog fará um enorme sucesso.

  1. Utilize plugins para te auxiliar com o SEO

Os plugins para SEO são usados para tornar o seu site mais amigável para os motores de busca. Eles olham se seu site possui muitas palavras-chaves repetidas, ajudam a ver se sua “tag tittle” está boa, entre muitas outras funções.

Abaixo listamos alguns plugins que fazem um trabalho muito bom para melhorar o ranqueamento do seu site:

Yoast SEO

Aqui na Compre Clicks nós usamos o Yoast Seo. Ele rastreia o foco em determinada palavra-chave nos posts e nas páginas do seu site para saber se você a inseriu no título, na URL, na meta description e no conteúdo.

Entre muitas outras funcionalidades ela faz:

  • Análise da página
  • Meta e Links
  • Integração com redes sociais
  • XML Sistemap
  • Breadcrumbs

All In One SEO Pack

Essa ferramenta trabalha muito bem com o título do site, palavra-chave, descrição, integração com Google, Bing e Yahoo.

Além disso, uma das melhores funções desse plugin é que ele evita conteúdo duplicado, gerando automaticamente os títulos e as meta tags nas suas postagens.

SEO Ultimate

Esse plugin permite a reescrita dos títulos para melhorar o SEO de sua página. Seu diferencial é que ele gera automaticamente as tags de Open Graph para sua home, páginas e postagens.