Para qualquer estratégia de SEO, a técnica de Link Building é fundamental para alavancar o seu negócio e melhorar o seu posicionamento nos resultados de pesquisa orgânica

Construir relevância na internet é uma tarefa árdua, que exige muito planejamento das equipes de marketing e TI (Tecnologia da Informação). Além do marketing de conteúdo ser imprescindível para desenvolver sua autoridade na rede, assim como ações estratégicas de SEO, ainda existe outro fator que precisa ser pensado com muito cuidado para favorecer sua marca nos resultados de pesquisa orgânica chamado de Link Building.

Mas como funciona essa estratégia de marketing e como ela pode ser benéfica a ponto de melhorar o seu posicionamento no Google e em outros buscadores da web? Nos próximos parágrafos, vamos conhecer a resposta para esta e outras perguntas. Acompanhe!

O que é Link Building?

 

 

Para tentar exemplificar o que é Building Link, vamos começar com uma pergunta:

O que é mais importante? Você se auto denominar como alguém que entende de um determinado assunto, ou outras pessoas dizerem isso sobre você?

Dentre uma série de fatores de ranqueamento, esse é um dos mais mais valorizados pelos mecanismos de busca, que consideram o fato de haver uma recomendação em forma de link em uma página relevante como um sinal para que o seu site também possui relevância. Resumindo, os links consistem em espécies de votos, usados pelos motores de busca para definir a popularidade e relevância de um site.

Quanto maior for a quantidade de links externos apontando para o seu site, e vice-versa, maior se torna a sua presença e autoridade, uma métrica que mensura o quanto você entende daquele determinado assunto e como é a sua reputação frente aos outros sites que falam do mesmo tema. Para que os motores de buscas entendam que o seu conteúdo é relevante, é importante que o ele esteja presente em sites que são realmente importantes para o seu negócio.

É importante lembrar que o hábito de building link existe há mais de uma década e, até então, consistia no único fator na hora de rankear um site. Com a evolução da web e a forma como os mecanismos de busca fazem a indexação de sites, adotando critérios de ranqueamento conforme as atualizações do algoritmo do Google acontecem, o link building permaneceu como um fator determinante no posicionamento nos resultados de pesquisa orgânica.

É claro que houveram algumas mudanças na forma como essa estratégia de marketing digital é desenvolvida, como o fato de cada link possuir o seu próprio valor, medido através de critérios como a presença de uma palavra-chave no texto âncora (texto clicável que leva para uma nova página).

Quantidade e qualidade também são outros dois fatores determinantes no sucesso e eficácia do link building. A seguir, vamos conferir de perto como cada um deles conversam entre si e são fundamentais no trabalho de SEO de uma empresa.

Quantidade

 

 

A quantidade de links é determinante para o desenvolvimento de uma estratégia de building link eficaz. Quando abordamos o termo quantitativo dos links, devemos considerar os seguintes aspectos:

1 – Diversidade de domínios que linkam para você

Cada domínio tem uma força para os motores de busca e, quanto mais força seu domínio receber, melhor. Domínios que possuem a nomenclatura HTTPS, por exemplo, são vistos com bons olhos pelos motores de busca, assim como aqueles que já estão indexados na web há muito tempo.

2 – Diversidade de tipo de domínios de links para você

Não adianta ter vários sites de notícias linkando para o seu site e não ter nenhum outro tipo. É preciso conseguir links de vários tipos de domínios, como blogs, sites de notícias, de empresas e diretórios. Trabalhando de forma equilibrada cada um desses tipos de websites, você consegue reunir uma boa quantidade de links qualitativos para o seu site.

Qualidade

 

 

São considerados vários fatores na hora de mensurar a qualidade de um link e, um deles, é o texto âncora. O texto âncora de um link é um dos principais fatores que indicam para os motores de buscas do que o site linkado se trata.

Exemplo de texto âncora

Ações de SEO para e-commerce” pode ser considerado um exemplo de texto âncora. Para os motores de buscas os melhores links são os naturais. Isso quer dizer que ter milhares de links com o mesmo texto âncora não soa nada natural e ainda pode ser considerado uma prática de black hat, que configura uma manipulação dos mecanismos de busca passível  de punição.

Portanto, é bom lembrar que os melhores links são compostos por palavras-chave que possuem volumes de pesquisa consideráveis e que são digitadas com frequência na barra de pesquisa dos buscadores.

Elementos de uma página que podem afetar a qualidade de um link

 

 

1 – Links apontando para fora da página

Se a página que quer conseguir um link já tem o costume de linkar para várias outras páginas, deixe-a de lado. Cada página possui um valor e quanto mais links saindo dela, menor será o valor que ela vai transmitir para cada um.

2 – Qualidade dos sites que estão sendo linkados naquela página

Se um site só faz linkagens para sites ruins, o seu link no meio disso vai ter um valor baixo, podendo até ser negativo. Imagine ser recomendado por alguém que possui um histórico negativo.

Além de não cair bem, também pode comprometer uma reputação que você queira construir. O mesmo acontece com o Link Building. Nesse sentido, procure sempre por uma referência na sua área de atuação para construir um relacionamento frutífero e valioso.

3 – Número de links para aquela página

Quanto mais links uma página tem, maior será o seu valor. Então, se seu link estiver nessa página, mais valor ele também vai ter. Também conhecido como Link juice, esse método consiste em uma parcela de PageRank que é transmitida de uma página para outra.

Quanto mais links forem inseridos, maior será a distribuição da relevância de um site para outro. Contudo, focar em poucas páginas que já possuem relevância e estão melhor ranqueadas (uma quantidade de duas ou três, no máximo) tendem a trazer melhores resultados do que distribuir links para diversas páginas com pouca ou praticamente nenhuma autoridade.

Elementos de um link que podem afetar a sua qualidade

 

 

1 – Posição do link

Saiba o lugar certo onde você vai colocar o seu link. O usuário tende a clicar mais em links no meio do conteúdo do que um link no rodapé ou título do texto, por exemplo. Os mecanismos de buscas conseguem determinar o posicionamento de um link e atribuir maior ou menor valor a ele.

2 – Texto em volta do link

O conteúdo que está ao redor do link pode influenciar a sua qualidade. Por isso é necessário saber o momento exato de fazer a linkagem e com o máximo de coesão possível.

3 – URL

Tenha certeza que está fazendo a linkagem para uma URL que seja acessível aos motores de buscas e que não faça nenhum redirecionamento, pois senão diminuirá o valor recebido do link.

Depois de mostrar o que pode afetar a qualidade de um link, a seguir mostraremos 5 técnicas para fazer um bom link building.

5 Técnicas para fazer um bom link building

 

 

1 – Guest Post

É quando você escreve e publica um conteúdo em outro site, geralmente um blog de um site parceiro. O guest post deve ser feito de forma que haja uma troca simultânea de publicações e links para que ambos possam se beneficiar da estratégia de building link.

Geralmente, os donos dos blogs permitem que seja colocado um link no meio do conteúdo, direcionando o leitor para o seu site. A vantagem dessa técnica é que você pode escolher o texto âncora do link e para qual página você quer linkar. Outro benefício é poder escolher sites de alta qualidade e conseguir links que vão aumentar sua autoridade e posicionamento.

Mesmo com essa aparente vantagem, é comum que muitos ainda se questionem se não seria mais produtivo focar na produção de conteúdo apenas para o blog da sua empresa. Em parte sim, mas como o foco é melhorar o posicionamento orgânico na SERP (página que exibe os resultados de pesquisa), é importante que haja ações de SEO off-page e o guest post é uma delas.

Portanto, sempre procure alcançar um equilíbrio entre produzir conteúdo quantitativo e qualitativo para o seu blog e construir reconhecimento, autoridade e relevância, aparecendo em blogs de terceiros que atuam em um segmento de mercado similar ao seu. O Google verá essa prática com bons olhos, recompensando-o com um melhor posicionamento.

2 – Links dos seus clientes

Por si só, os seus clientes se tornam potenciais parcerias para a construção de uma estratégia de link building, graças à confiança construída ao longo dos anos trabalhando juntos. Dessa forma, o seu trabalho será apenas de descobrir quais páginas dos sites deles contam com as melhores métricas, a fim de começar um trabalho de linkagem.

Algumas ferramentas podem ajudá-lo nessa tarefa, apontando quais páginas são mais relevantes, como o próprio Google Analytics e/ou Semrush. Ambas fornecem dados sobre páginas mais visitantes, posicionamento orgânico no Google, entre outras métricas relevantes para o seu negócio.

3 – Menções da marca sem links

Essa técnica consiste em monitorar todas as menções que as pessoas fizeram a marca, sem necessariamente inserir um ou mais links, e entrar em contato com a pessoa para que ela faça a linkagem.

No entanto, é importante estabelecer um filtro a partir desse momento em diante, porque a marca pode ter sido mencionada por um blog de autoridade, mas também corre o risco de ter sido mencionada por um blog de baixa qualidade. Por isso, fique atento às métricas do site que mencionaram a marca.

Caso você tenha sido mencionado em uma página de pouca ou nenhuma relevância para o seu nicho de mercado, é recomendado que você se desvincule da mesma.

Dentro do Google Webmasters Tool existe uma ferramenta chamada Disavow Links, que auxilia na detecção de links apontados para o seu site. Através dela é possível ter um maior controle sobre links maliciosos, sejam de fontes duvidosas ou hackeadas, e fazer uma requisição ao próprio Google para que eles sejam removidos.

Outra forma de observar as menções que recebe é criar um alerta no Google para a palavra-chave que quer monitorar que sempre que ela for mencionada. Sempre que houve uma menção àquela palavra-chave, uma notificação será enviada para o seu e-mail, informando-o sobre a ação realizada.

4 – Co-marketing

Co-marketing é quando duas ou mais empresas têm interesse na mesma persona e se unem para fazer uma ação de marketing integrada. Ela pode variar desde a criação de algum material em conjunto, como E-books, infográficos, até uma série de vídeos, webinars ou qualquer outro formato de conteúdo.

Ao ser publicado e assinado pelas empresas, o produto final desse material acaba gerando também leads para ambas as partes. Contudo, é importante lembrar que essa é uma ação para quem possui interesse em abordar a mesma persona, mas não se posiciona como um concorrente direto um do outro.

Além de ser uma maneira muito fácil de ganhar links, investir no marketing cooperativo tende a ser uma estratégia bastante vantajosa com o passar do tempo, pois se você reúne esse conteúdo e costuma hospedá-lo em uma landing page em seu domínio, seu parceiro também vai divulgar o material e sempre vai apontar o link para você. Portanto, é muito provável que você ganhe um link no blog ou nas redes sociais dele.

5 – Conteúdo de qualidade

Existem muitas outras estratégias para um bom link building. Mas não poderíamos deixar de citar a mais fundamental de todas: o conteúdo. Conteúdo de qualidade sempre vai ser o melhor caminho para tudo. Para ter um bom rankeamento, é essencial que o conteúdo seja aprofundado, satisfaça o consumidor, tire suas dúvidas e esclareça-o para aquele determinado assunto.

Portanto, desenvolva artigos riquíssimos aproveitando ao máximo todo o seu conhecimento e recursos disponíveis para consulta. Varie entre palavras-chave headtail e long tail ao longo do conteúdo,  aproveitando, sempre que possível, o campo semântico no qual elas estão inseridas. Trabalhe a usabilidade do leitor, facilitando a sua leitura em dispositivos móveis. Invista seu tempo nessa e também em outras boas práticas de SEO.

Se o seu conteúdo tiver realmente muita qualidade não tenha dúvidas de que ele irá atrair links, seja de pessoas que possuem um blog, julgaram seu conteúdo muito bom e resolveram linkar para o seu site, ou visitantes, que chegam até sua página e compartilharam o seu material nas respectivas redes sociais. E não se esqueça: sempre compartilhe seu conteúdo em redes sociais. Assim, você terá muito mais alcance e facilitará a linkagem deles.

Agora que você já sabe mais sobre a importância de investir na construção de uma estratégia de building link, que tal alavancar de uma vez por todas a sua presença na internet através dos serviços de marketing digital da Compre Clicks?

Nossa equipe está preparada para trazer mais conversões para o seu site, aumentar suas vendas e posicioná-lo como uma referência no seu segmento de atuação através de uma trabalho integrado entre SEO, link patrocinados, e-mail marketing e social media. Entre em contato conosco para saber mais!